Skip to main content

Intern e trainee: entenda a diferença e inscreva-se na vaga certa para você!

Aula na faculdade. Professor explica para aluna a diferença entre intern e trainee..

Está buscando por uma nova oportunidade de emprego, quem sabe aquela chance no exterior, e muitas das vagas estão descritas como Intern e Trainee? Essa é uma dúvida bem corriqueira na vida de quem investe algumas horas diárias se inscrevendo em processos seletivos. Para clarear sua mente e ajudar neste processo, o Hyper English vai explicar ao longo deste artigo a real diferença entre Intern e Trainee. Depois da leitura, você conseguirá concentrar seus esforços nas vagas assertivas para o seu currículo.

Qual a diferença entre Intern e Trainee?

Rapaz branco, de cabelos enrolados e usando mochila, chega em uma sala de trabalho dizendo que é o novo aprendiz na empresa. Ideal para entender a diferença entre intern e trainee.

Entender a diferença entre Intern e Trainee facilita muito na hora de traçar objetivos. São dois tipos de vagas bem recorrentes no mercado e o segredo para um candidato se destacar é apostar no que realmente faz mais sentido para ele. Abaixo, você entenderá, finalmente, o que representam Intern e Trainee no mercado de trabalho e poderá identificar qual se aproxima mais com sua realidade.

Intern

O termo Intern funciona como abreviação para Internship. Aqui no Brasil esse tipo de vaga é reconhecida no modelo Estágio. Trata-se de um estudante (ensino médio ou superior) que precisa testar, na prática, os conhecimentos recentemente passados pela instituição na qual está matriculado como aluno. Ou seja, é o primeiro contato com a área de atuação.

Na maioria das vezes, o contrato para o tempo de trabalho é reduzido (entre 3 e 12 meses, podendo chegar a 24 meses no Brasil). O salário também é mais baixo comparado com outros profissionais, quando a vaga já não é para voluntários. Ao final do contrato, pode haver a chance da empresa efetivar a vaga Intern para um cargo maior.

Em suma, é uma oportunidade de conhecer o mercado, entender a si mesmo enquanto profissional, conhecer pessoas, desenvolver experiência com ferramentas e outras atribuições à área etc. E não, Intern não está aqui para servir cafezinho. Existem empresas que dão valor, credibilidade e trabalho de verdade para essas pessoas. Busque por elas!

Trainee

O sistema Trainee de trabalho está relacionado ao Training, que, em porutugês, é entendido como Treinamento. Neste caso, a vaga é destinada para pessoas já formadas e com experiência no mercado – mesmo que básica. A pessoa recebe um treinamento no setor designado e um tempo predeterminado para desenvolvimento. A partir disso, pode ou então receber uma proposta de efetivação.

A principal diferença entre Intern e Trainee é a posição que o candidato ocupa no campo acadêmico (nível de formação) e experiências anteriores.

Se você ainda está no ensino médio ou faculdade e busca uma vaga para ter um primeiro contato com o mercado, o modelo Intern é o ideal. Agora, se já se formou e teve oportunidade de exercitar suas habilidades anteriormente, busque por uma ocupação Trainee.

O que o mercado espera dos profissionais?

Falamos anteriormente sobre experiências, mas é claro que nem sempre é possível cobrar tantas habilidades de um profissional recém chegado ao mercado. Agora que já esclareceu suas dúvidas sobre Intern e Trainee, é hora de analisar a situação do mundo corporativo. Como um candidato pode se destacar em 2022? Abaixo, trouxemos alguns tópicos importantes que antecedem o grau de experiências.

Dedicação

Os dois modelos de vaga, Intern e Trainee, oferecem oportunidade para quem busca se colocar no mercado e ganhar destaque. É o início para alguns e recomeço para outros. Entretanto, uma qualidade muito bem valorizada nos processos seletivos é a dedicação.

Mesmo sem experiência, um Intern deve se dedicar em observar, aprender e analisar erros e acertos para desenvolver, cada vez mais, sua habilidade profissional. Por outro lado, o Trainee coloca em ação sua prévia experiência no mundo corporativo e consegue identificar os pontos fortes para se dedicar.

Competência

A competência é o resultado dos estudos e dedicação. É uma característica que pode ser desenvolvida. A partir do seu entendimento da diferença entre Intern e Trainee, identifique quais habilidades são interessantes para o seu momento atual. Invista em cursos (mesmo os gratuitos) e abra sua mente para competências que vão além das ferramentas de trabalho. Por exemplo, competência de socialização.

Perseverança

Intern e Trainee são dois tipos de vaga que clamam por perseverança! Na maioria das vezes você trabalhará por menos tempo e, consequentemente, ganhará menos por isso.

Parece difícil, mas é um esforço necessário para alcançar uma oportunidade maior dentro ou fora da empresa. Dentro ou fora do Brasil, inclusive.

Por essa razão, organize-se corretamente e não deixe de correr atrás dos seus desejos. Abaixo, vamos te ajudar um pouquinho mais com isso!

Pinguim usando um chapéu e carregando uma maleta preta, aparentando uma pessoa na correria de trabalho.

Como se preparar para uma entrevista de emprego em inglês?

Se você buscou a diferença entre Intern e Trainee, provavelmente objetiva uma vaga dentro de uma empresa com relações internacionais, certo? Mesmo que seja um sonho futuro, o tempo de se preparar é agora.

Já falamos aqui no Blog do Hyper English sobre como se preparar para uma entrevista de emprego em inglês. Se liga nos principais pontos da conversa que tivemos:

  • Conheça a cultura da empresa;
  • Cuide dos seus vícios de linguagem;
  • Leia textos em inglês da área para aumentar vocabulário;
  • Busque não decorar as falas e, sim, focar na conversa.

No artigo citado, inclusive, você encontra diversos casos que podem ocorrer na sua entrevista, seja para uma vaga Intern ou Trainee.

O que demonstra que é a hora certa para migrar de carreira?

Muitas vezes, alguém que dedicou anos da vida trabalhando para uma determinada área pode iniciar sua nova carreira com a vaga Intern ou, dependendo das experiências, e caso já esteja formado na área de interesse, Trainee.

Deixar o emprego atual e correr atrás do que sempre sonhou não é uma tarefa fácil. O que motiva muitas pessoas a migrarem de carreira é a falta de satisfação atual, baixa valorização do trabalho realizado, estresse, ansiedade, escassez de propósito, etc.

Leia nosso artigo com as profissões em alta para 2022 e veja qual melhor se encaixa com seus objetivos. Depois disso, basta escolher entre Intern e Trainee para sua primeira experiência – respeitando as condições explicadas neste artigo.

Migrar de carreira: conheça 7 profissões que estão listadas como as mais promissoras para 2022

mulher negra olhando para a câmera de óculos e cabelo curto crespo representando uma profissional que deseja migrar de carreira em 2022

Qual profissão não teve um grande impacto nos últimos dois anos? Ocasionalmente, antes da pandemia do Coronavírus, algumas áreas vinham se adequando a novos modelos de trabalho. Porém, os últimos meses trouxeram desafios inigualáveis para profissionais e formas inesperadas de fazer o trabalho acontecer. Além, é claro, a própria população começou a apresentar novos desejos e necessidades. Pensando nisso, o Hyper English trouxe quais são as profissões em alta em 2022 para quem busca migrar de carreira e se adaptar ao novo.

É hora de migrar de carreira? Descubra!

homem de roupa social e gravata, levando uma caneca até a boca enquanto encosta o braço em uma divisória de escritório

Antes de listarmos as profissões promissoras para 2022, você precisa identificar se este é o momento certo para migrar de carreira. É uma atitude que demanda muita organização e punho firme para pular os obstáculos e, muitas vezes, começar do zero em outra área.

Veja na lista abaixo os principais motivos que devem te inspirar a migrar de carreira:

  • falta de qualidade de vida e administração do tempo. Você se dedica quase que inteiramente ao trabalho. Não há um momento para realizar seus sonhos e desejos, ou simplesmente um descanso merecido;
  • seu trabalho é restritamente operacional. Na maioria das vezes, você se sente um robô ou facilmente substituível. Realiza um trabalho que não é valorizado individualmente, apenas o resultado do montante;
  • faz muito tempo que não aprende coisas novas e trabalha sob uma pressão desrespeitosa;
  • o salário é baixo e não compatível com sua carga de trabalho;
  • sua área em geral está cada dia mais sendo desvalorizada e substituída;
  • você não encontra propósito no que faz.

Tranquilize-se! O objetivo do Hyper English, como citamos no início do artigo, é trazer, de fato, as profissões que estão em alta para 2022. Não possuímos a intenção de oferecer um serviço de coach. Porém, para chegarmos à tão esperada lista promissora, precisamos entender o que te fez buscar este artigo.

Migrar de carreira não é uma tarefa simples. Envolve finanças, família e, claro, a burocracia no trabalho atual. Mas a gente te ajuda nisso ao final do artigo, combinado? Fique agora com as 7 profissões que estão com todos os votos de confiança para o ano que se inicia.

Quais são as 7 profissões promissoras para 2022?

1 – Marketing e influência digital

O Marketing Digital cresceu muito! Além de empresas, pequenas marcas pessoais também querem ter uma presença na internet. Além das redes sociais, esse braço do marketing abrange investimentos com sites, e-mails, lojas virtuais e muito mais. Sem falar, é claro, na crescente onda da influência/criação de conteúdo, que são profissionais que dão a própria cara e criam um espaço próprio.

Deseja migrar de carreira para o setor de marketing digital? Comece desde já a estudar as atualidades e não espere muito para começar nem que seja com aquele servicinho pequeno. Tudo é válido e qualquer passo pode te ajudar a crescer em longo prazo!

2 – Desenvolvedor ou jogador de videogames

Os videogames acompanham diretamente todas as últimas gerações. E o melhor? Agora além de poder trabalhar desenvolvendo os produtos daqui do Brasil, os próprios jogadores podem fazer receita enquanto se divertem. Para isso, é necessário criar um espaço na internet, construir uma base de seguidores fiéis e se afiliar a empresas que desenvolvem games. Claro, não é tão fácil quanto parece, mas é uma possibilidade e uma grande aposta para 2022.

3 – Growth Hacking

Quem almeja migrar de carreira para uma área nova e da tecnologia, o setor Growth Hacking está em alta para 2022. Nele são feitas estratégias, análises detalhadas e aplicação de técnicas efetivas em metodologias de crescimento. Os profissionais dessa área são chamados para que possam reestruturar o crescimento de uma empresa em relação aos seus resultados e mercado competitivo.

4 – Cyber Security

Uma empresa hoje armazena até seus dados mais importantes na nuvem. Os trâmites financeiros, as propostas de contrato, a comunicação com funcionários e até os serviços oferecidos, muitas vezes, funcionam por meio da internet. Por essa razão, cresceu-se o número de ataques cibernéticos e outras tentativas de golpe. Para se proteger desse mal, a corporação precisa investir em Cyber Security, ou seja, segurança no ciberespaço. Para quem gosta de tecnologia, esta é uma ótima maneira de migrar de carreira, visto que a área só tende a crescer em 2022.

5 – Engenharia das coisas (IoT)

Nesta área, a Internet of Things, Internet das Coisas, ganha destaque. A engenharia tratada no título é aquela voltada para a criação e execução de infraestrutura tecnológica suficiente, munida de funcionalidade e segurança, mas as demandas do mercado na internet. A pessoa profissional se dedica a facilitar processos, estreitar comunicações e aperfeiçoar diversos outros trâmites. Tem um quê de futurista, mas você pode migrar de carreira ainda em 2022, pois já existem muitas vagas para quem é especializado.

6 – DevOps

A área DevOps cuida da integração, a partir de um software, de profissionais da área de desenvolvimento com aqueles de infraestrutura focados em Tecnologia da Informação. São os famosos Devs e Ops unidos.

7 – Equity Research

A área de Equity Research se dedica a estudar e entender empresas que estão dentro e fora da bolsa de valores. Por estar voltado ao mercado financeiro, este profissional aponta quais podem ser as melhores oportunidades de investimento. Migrar de carreira para este setor é uma grande tendência para 2022.

Como migrar de carreira corretamente?

É claro que não temos a receita de bolo para migrar de carreira. Já passamos algumas dicas que ajudam a entender o melhor momento para fazer isso e quais são as profissões em alta para 2022. Mas como o Hyper English gosta de ajudar muito quem chega em nosso blog, também somamos a este artigo um pequeno check-list do que conferir na execução dessa migração. Atente-se:

  • estudar o mercado que você busca migrar de carreira. Seja para uma das profissões em alta para 2022 ou outra do seu interesse;
  • correr atrás de especialização. Cursos com certificados, workshops e até graduação se achar necessário. Comece a estudar as ferramentas disponíveis e como são usadas no mercado;
  • faça um planejamento a longo prazo. Inclua nas suas metas: se formar em determinados cursos, iniciar um estágio e mais um tempo de experiência para começar, enfim, a subir de cargo na área.
  • Durante a fase inicial, de estudos, pode ser que você ainda precise tocar a carreira atual;
  • a reserva financeira emergencial é sempre importante. Calcule seus gastos fixos e tente, durante a carreira atual, poupar o valor necessário que trará segurança para os primeiros meses da migração;
  • estude inglês e foque no mercado internacional também. E não é um sonho alto, viu? Muitos profissionais brasileiros estão oferecendo trabalho para o exterior, mas dentro de casa. Para isso, o inglês é extremamente importante.

Estudar inglês pode mesmo ajudar na hora de migrar de carreira?

Com certeza! A língua inglesa conecta o mundo e para quem muda migrar de carreira, é a chance de ser visto no mercado internacional. E você nem vai precisar, necessariamente, se mudar. O home office é uma alternativa cada vez mais frequente. Entretanto, ainda empresas brasileiras recorrem a profissionais com domínio do inglês justamente para estreitar relações com fornecedores e clientes do exterior. Não vai perder tantas oportunidades na nova carreira em 2022, não é?

Quer uma dica dos deuses? Venha testar por 10 dias grátis a plataforma de ensino do Hyper English. Oferecemos curso de inglês online e inglês para empresa com aulas adaptadas de acordo com suas necessidades de aprendizado. Fale conosco!

Mundo corporativo:19 siglas em inglês que todo bom profissional precisa conhecer para mandar e-mails

mão masculina digitando em um notebook siglas em inglês para um e-mail corporativo

Já precisou responder um e-mail em inglês e não sabia o significado de algumas siglas em inglês? Elas são usadas com muita frequência no mundo corporativo. Isso porque facilitam demais a comunicação e aceleram os processos. Neste artigo, o Hyper English vai te ajudar a entender o contexto e significado das 20 siglas em inglês mais frequentes. Aproveite para já colocá-las em prática!

19 siglas em inglês para trocar e-mails no trabalho

O gif traz um cachorro da raça Shiba inu, deitado em um sofá, enquanto “digita” em um notebook. Alusão a quem escreve e-mails usando siglas em inglês.

1 – TBD

No inglês, TBD significa To Be Defined. Podemos usar na hora de informar, no e-mail, que determinado assunto ainda está para ganhar uma confirmação. No bom português, “A ser definido”. Usa-se, comumente, para reuniões, entregas de cronograma, entre outros.

2 – B2B

Algumas empresas prestadoras de serviços precisam definir muito bem o público-alvo que trabalham. No mundo corporativo, e entre as siglas em inglês usadas, B2B (Business to Business) representa um negócio que presta serviços para outros negócios. Uma relação extremamente profissional.

3 – B2C

Já a sigla B2C representa o negócio focado em vender diretamente para o consumidor final. Pode ser você, sua amiga, etc. A sigla, que na íntegra fica Business to consumer, é adotada tanto nos e-mails quanto nos planejamentos como descrição do modelo de negócio.

4 – ASAP

Quem nunca precisou concluir um trabalho com urgência, né? No mundo corporativo atual, onde as movimentações acontecem em frações de segundos, e muito por conta da pandemia, tudo foi acelerado. Então será bem comum que você receba, no e-mail, alguns pedidos com a nomenclatura ASAP. Essa também é uma expressão usada nos aplicativos de conversa. Significa, basicamente, que determinada entrega precisa ser feita o mais rápido possível. No inglês, As Soon As Possible.

5 – EOD

Mas nem tudo tem como ficar pronto tão rápido assim. Em alguns momentos, você precisará adiar algumas respostas para o final do dia. Neste caso, opte pela sigla EOD no seu e-mail. Em inglês, ela representa, literalmente, End Of Day. Lembrando que pode ser o dia de hoje, amanhã ou depois!

6 – TBH

Um assunto delicado chegou em suas mãos? Não se preocupe! Nas siglas em inglês usadas no mundo corporativo também temos opções para informações mais restritas. TBH, sigla para To Be Honest, auxilia na hora de opinar em um momento onde você precise discordar ou defender seu posicionamento.

7 – FYI

A sigla em inglês para For Your Information, FYI, embasa aquela informação que precisa ser passada apenas para o conhecimento de outra pessoa. Anotou aí?

8 – RFI

O objetivo da sigla RFI, Request For Information, é solicitar, detalhadamente, outras informações de um terceiro. Podemos incluir fornecedores, colaboradores, entre outros.

9 – RFP

Já em Request For Proposal, representado pela sigla RFP, subtende-se que as informações já foram colhidas e agora é necessário abrir um pedido de proposta. É aqui que entram as negociações do mundo corporativo e as siglas em inglês ajudam a sintetizar a comunicação.

10 – RFQ

Nos trâmites corporativos, precisa-se abrir diversos requerimentos. E RFQ é mais um deles, e muito importante. O e-mail dedicado a Request For Quotation almeja alcançar cotações de fornecedores – os mesmos usados nos exemplos anteriores. Vale lembrar que a sigla pode variar dependendo da área, então fique bem atento e pergunte aos seus superiores sempre que achar necessário.

11 – SWOT

Para quem é da área da comunicação, o termo SWOT vai aparecer em algum momento. Basicamente, trata-se de um sistema de análise de marketing que busca entender forças, fraquezas, oportunidades e ameaças tanto para empresas quanto para ações específicas dentro da corporação.

12 – R&D

A sigla R&D contempla não só um termo básico, e sim todo um departamento. Estamos falando do Research and Development. Ou, no português, Pesquisa e Desenvolvimento. Esses profissionais cuidam das inovações dentro do mundo corporativo e tudo que é necessário para executá-las. Vai mandar um e-mail para eles? Use as siglas em inglês aprendidas até aqui.

13 – PR

Uma empresa bem colocada precisa de uma assessoria de imprensa. O profissional de PR, Public Relations, cuida da imagem corporativa perante as influências externas. Super importantes e estão cada vez mais em alta em áreas diversificadas da indústria.

14 – N/A

Este exemplo de siglas em inglês é mais usado em planilhas e cronogramas estratégicos. N/A, muito comum inclusive em e-mails em português, representa o termo Non-applicable. Trata-se de determinado objeto/assunto que não se aplica ao que está sendo discutido/elaborado/planejado.

15 – KPI

Se você participa da elaboração de uma campanha ou ação, independentemente de ser interna ou externa, precisa recolher resultados. A sigla KPI, Key Performance Indicator, indica exatamente todos os indicadores-chave de performance. No digital, são estudados dados (os famosos indicadores) de engajamento, visualização, alcance, vendas diretas, entre outros.

16 – CTA

Logo, logo, ao final deste artigo, você terá contato com um verdadeiro CTA. O Call To Action, termo muito comum no marketing, mas que pode ser aplicado para outros fins no seu e-mail, é a chamada de ação que você deseja aplicar a quem está lendo. Na sua empresa, na hora de redigir o e-mail, você pode explicar qual CTA deseja para determinada ideia.

17 – BTW

Tanto em e-mails corporativos quanto em mensagens informais, algumas siglas em inglês podem aparecer. É o caso de BTW, abreviação de By The Way. Quando for necessário acrescentar algo novo a um assunto já comentado, o “a propósito” funciona bem.

18 – AKA

Esta sigla já deve ter aparecido naquele filme de super-herói famoso. Porém, no mundo corporativo, Also Known As é aplicado para dar um novo nome ou significado mais popular para uma pessoa/palavra.

Exemplo: “Hyper English, AKA o curso de inglês que pode te ajudar a se destacar no mercado de trabalho.”

19 – ATT

Já encerrou um e-mail com ATT? Provavelmente, também se perguntou de onde vem o segundo T para as palavras “Atenciosamente” ou “Atenção”, certo? Vamos tirar sua dúvida agora! O termo, na verdade, entra para a lista de siglas em inglês, pois representa, na íntegra, Attention. É muito comum de ser usado no fim dos e-mails corporativos.

Estudar inglês pode ajudar na carreira?

Você chegou até aqui com um conhecimento bem maior sobre as siglas em inglês. Que tal não parar por aí? Estudar o idioma na íntegra contribui muito para o seu posicionamento no mundo corporativo. São diversas vagas, dentro e fora do Brasil, buscando profissionais de várias áreas com especialização na língua inglesa. Aqui no Hyper English você encontra curso de inglês online e inglês para empresas.

Quer saber mais? Conheça nossa história e a nossa plataforma de ensino. Depois, é só entrar em contato pra começar a investir no seu conhecimento de inglês. Acredite: valerá muito a pena!

Aprenda como se preparar para uma entrevista de emprego em inglês!

mulher negra realizando uma entrevista de emprego em inglês com um candidato negro

No Brasil, segundo dados do IBGE, 14,7% da população economicamente ativa está desempregada. Entre os mais jovens, aqueles de 18 a 24 anos, o número representa 31% das pessoas. Mas você sabia que existem, hoje, diversas oportunidades de emprego, até mesmo remota, para quem tem habilidade em outros idiomas? Com o mundo cada vez mais conectado, esta pode ser sua chance de escapar desses dados. Nós, do Hyper English, daremos uma grande ajuda naquilo que dominamos. Neste artigo, saiba como se preparar para uma entrevista de emprego em inglês.

Como se preparar para uma entrevista de emprego em inglês?

No gif, um homem de meia idade trajado de Tio Sam, um personagem-símbolo que personifica os Estados Unidos. Fortemente usado na política. A roupa conta com uma cartola de listras vermelhas e brancas, cercada por um tecido azul, seguido por um macacão que com as cores vermelhas e brancas, sobreposto por um colete azul com estrelas brancas. Por um fim, uma gravata vermelha, uma peruca branca no estilo imperial e uma barba branca longa falsa. O personagem imprime as cores dos Estados Unidos. A expressão subentende que o vídeo tem teor cômico.

Se você chegou a este artigo, provavelmente já conseguiu sua entrevista de emprego em inglês. Ou então, é seu próximo objetivo. A gente quer te ajudar a clarear a mente para não se atrapalhar na hora, tá certo? Os professores do Hyper English juntaram experiências no mercado de trabalho e somaram, a isso, dicas de inglês. O resultado você confere logo abaixo. São diversas dicas valiosas para o seu processo seletivo acontecer de maneira tranquila e assertiva. Atente-se!

Conheça bem a cultura da empresa

Antes de qualquer coisa, seja uma entrevista de emprego em inglês ou português, é necessário conhecer a empresa onde se aplica um currículo. Parece óbvio, mas com a taxa de desemprego, o que muitas pessoas fazem – por necessidade – é se inscrever no maior número de vagas que conseguirem. Por essa razão, é fácil se perder no controle e não saber mais qual empresa entrou em contato. Não deixe isso acontecer, combinado?

Depois de marcar sua entrevista de emprego em inglês, dê uma pesquisada no próprio site da corporação, no Google e até no Linkedin. Além dos serviços ou produtos, veja como a cultura da empresa é aplicada – ou seja, aquilo que ela acredita, defende e deve praticar. Com esse embasamento é possível responder a perguntas mais específicas sobre sua expectativa em relação à vaga.

Atenção especial os vícios de linguagem

Vamos falar do idioma precisamente? Em uma entrevista de emprego em inglês é de se esperar que o convidado(a) fique nervoso(a). Bem normal, concorda? Aconteceria, também, se fosse em português. Mas o “peso” de um novo idioma, aparentemente, aumenta o nervosismo. O resultado disso? Recorrer aos vícios de linguagem que parecem facilitar e dinamizar a comunicação. Tome bastante cuidado!

Os vícios de linguagem são aquelas expressões que fogem da norma padrão e que está tudo certo você incluir no cotidiano. Porém, em uma entrevista de emprego em inglês eles podem soar repetitivos, cansativos e como um ruído na comunicação. Seu objetivo deve ser incluir expressões como “You Know”, “Well”, “So”, “Kind of”, “You see” e derivados de forma que se encaixem no contexto. É importante, sim, demonstrar domínio e naturalidade com o inglês. Mas é mais importante ainda lembrar-se de que você está em um papo, apesar de muitas vezes descontraído, formal.

Leia textos em inglês da área

Ler textos em inglês melhora sua leitura, gramática e, claro, vocabulário. O contato com a língua escrita é importantíssimo em todo o processo de aprendizado. Mas quando a entrevista de emprego em inglês está chegando, o essencial é focar em textos da área profissional. Leia notícias recentes, novidades da área e afins. Tal atitude, além de treinar o inglês, ajuda na hora de comentar possíveis assuntos no processo seletivo. Afinal, você precisa se diferenciar dos outros candidatos, não é?

Não decore falas, foque em conversar

Tudo o que foi dito acima só fará sentido se o candidato tiver, de fato, confiança. De nada adianta decorar respostas prontas, quando no dia a dia corporativo o inglês irá aparecer em novas situações. Listamos, mais à frente neste artigo, algumas perguntas frequentes em uma entrevista de emprego em inglês. Todavia, use essas dicas apenas para se preparar mentalmente, não tente chegar com frases prontas e de efeito.

Respeite aquilo que já aprendeu do idioma

Gramática, tempo verbal e todas as outras regras presentes em qualquer idioma, no inglês não é diferente. Saber se comunicar bem em uma entrevista de emprego em inglês está ligado com sua noção do idioma enquanto uma estrutura. O que há nela que é variável ou invariável, como os verbos mudam de acordo com o tempo, onde ficam o sujeito e predicado, entre outras. Dê uma atenção especial para quaisquer dúvidas em relação a esse tópico antes da entrevista.

O que pode ser perguntado em entrevista de emprego em inglês?

O ator Daniel Craig, conhecido pela franquia 007, estampa este gif. Ele está em uma entrevista, dentro de um estúdio de talk show típico dos Estados Unidos, e um texto sobrepõe o gif com "I Love My Job", o que significa "Eu amo meu trabalho" na tradução literal do inglês para português. Captura ideal que enfeita as dicas para entrevista de emprego em inglês presentes neste artigo.

1 – Why do you want to leave your current job?

Contexto: aqui, o recrutador busca entender o que te fez buscar uma nova vaga e sair do seu emprego atual, caso se aplique à sua realidade.

2 – What do you know about this company?

Contexto: é hora de provar que você pesquisou sobre a empresa. Esta pergunta quer saber o que você pensa sobre o local em que pretende trabalhar.

3 – Where do you see yourself in 5 years?

Contexto: muitos recrutadores gostam de alinhar expectativas em longo prazo. Esta pergunta em uma entrevista de emprego em inglês almeja conhecer seus planos para daqui a 5 anos.

4 – Why are you interested in this job?

Contexto: você chegou à vaga por algum motivo. Conte o que te interessou quando esta pergunta for feita.

5 – What are your strengths? What are your weaknesses?

Contexto: aquela parte da entrevista de emprego em inglês que permite uma conversa mais aberta, mas sem deixar de ser direta. Liste seus pontos fortes e fracos, principalmente aqueles que fazem sentido com a vaga. Cuidado para não se autodepreciar.

6 – What salary range are you looking for?

Contexto: a pretensão salarial é um ponto importante. Cada um deve seguir suas próprias necessidades e métodos para isso. Mas vale uma dica: se valorize enquanto profissional e cobre o justo pelo seu trabalho. Uma pesquisa no LinkedIn ou em sites de vagas podem nortear a decisão.

Esteja pronto desde já para colocar seu inglês em jogo!

Se prepare para a entrevista de emprego em inglês e para novas oportunidades profissionais com o Hyper English. Vamos te ajudar a ampliar os conhecimentos em inglês e conquistar aquele domínio que tanto deseja na comunicação. Vale lembrar que o inglês é fortemente usado no mundo corporativo, mesmo no Brasil.

Quer saber os próximos passos? Listamos abaixo:

Ficou muito interessado e não vê a hora de começar? Fale conosco! Mas se ainda está com aquela dúvida, teste nossa plataforma por 10 dias de forma gratuita.

Termos do mercado financeiro: vai investir? Antes, você precisa conhecê-los!

Homem branco em frente a tela do computador pensando nos termos do mercado financeiro em inglês que ele não conhece

Você sabia que os jovens estão investindo, cada vez mais, na bolsa de valores? E esse dado é brasileiro. Por muito tempo, o mercado de investimento não era tão acessível assim. Hoje, é possível aprender com canais no YouTube, podcasts e infoprodutos dedicados a quem quer mudar de vida nesse sentido. Por isso, nós, do Hyper English, queremos te ajudar nessa missão de aprender os termos do mercado financeiro em inglês. Afinal, eles estão presentes em diversas movimentações e plataformas de investimento. Fique bem atento, viu?

Por que conhecer melhor os termos do mercado financeiro?

 Um gif do comediante Dave Chappelle, homem negro de 48 anos, usando coroa de rei e óculos escuros. Em suas mãos, notas de dinheiro.

Conhecer os termos do mercado financeiro abre uma enorme janela para quem busca se aproximar das oportunidades. É claro que aqui no Brasil muitos desses jargões, tão comuns no dia a dia, já estão em português. Todavia, como algumas modalidades de investimento vêm do exterior, é muito comum encontrar termos do mercado financeiro em inglês. Mesmo com a volatilidade do mercado, você não quer deixar de investir por não entender a comunicação por trás, não é?

Hoje em dia, como dito acima, pessoas de todas as idades, mas com destaque aos jovens, podem começar com seus investimentos – mesmo que pequenos. Diariamente, estilos e possibilidades monetárias diferenciadas aparecem nas redes e especialistas correm para ensinar aos iniciantes por meio de seus canais de vídeo. É nessa hora que um breve conhecimento dos termos do mercado financeiro vão destacar a pessoa interessada. Isso porque os primeiros vídeos tutoriais que chegam são estrangeiros, e para não perder tempo na fila, o que se espera é que o investidor já comece a se preparar.

Resumindo a ópera, você precisará do inglês para entender termos do mercado financeiro e, claro, para investir corretamente. Ampliar seu conhecimento, garantir mais e contato com o mundo e expandir as possibilidades de investimento são benefícios certos. Já se convenceu que estamos, sim, tratando de um tema importantíssimo para sua vida daqui pra frente? Então vamos seguir com outras informações essenciais e, assim, chegaremos aos termos do mercado financeiro em inglês.

Os jovens estão se interessando mais em investir. E você?

Sim, é verdade, os jovens estão mais interessados no amplo mercado de investimento. Entretanto, você sabia que a Geração Z ainda deixa escapar alguns cuidados importantes? A falta de controle financeiro é uma das principais responsáveis por investimentos sem o retorno esperado. Ou por problemas mais pontuais do Brasil, como a falta de preparo para a aposentadoria.

Apesar da problemática, este artigo é para te inspirar a investir, viu? É preciso tomar cuidado com os erros habituais, estudar, conhecer os termos do mercado financeiro e começar com segurança.

O que leva um jovem a investir no mercado financeiro?

Jovem, de origem asiática e cabelos longos, faz uma dança enquanto notas de dinheiro voam em sua direção. Uma brincadeira em relação aos termos do mercado financeiro.

Saber onde investir é o segredo, seja você jovem, como apontam as pesquisas que evidenciam os novos investidores, ou se já percorreu bastante por essa estrada. O primeiro passo é saber controlar as finanças pessoais e, a partir disso, começar com os investimentos. Lembre-se de estudar os riscos e vantagens do mercado. Logo mais, ainda neste artigo, o Hyper já vai te dar uma grande ajuda com os termos do mercado financeiro em inglês. Já é um excelente pontapé! Então permaneça lendo, combinado?

Já ouviu falar no Caderno de Educação Financeira e Gestão de Finanças Pessoais? É um conteúdo básico, mas de grande valor, disponibilizado gratuitamente pelo Banco Central do Brasil. Quer um norte para começar a investir? Te indicamos este breve manual. Para além dele, coloque em seu radar as seguintes modalidades de investimento ideais para iniciantes:

  • Cadernetas de poupança com rendimentos calculados pela SELIC. O valor é baixo, mas existem bancos digitais que oferecem uma gama de vantagens para você guardar seu dinheirinho e fazê-lo render mensalmente;
  • Tesouro Direto;
  • Clubes e fundos de investimento;
  • Presidência Privada (afinal, é necessário garantir sua aposentadoria, lembra?);
  • Compra de ações no mercado;
  • Letras de crédito.

O ideal mesmo é estudar e analisar os prós e contras de cada modalidade comparando com sua renda e necessidades. Agora, vamos o que prometemos? Sim, já chegou sua hora de começar a estudar sobre investimentos. Abaixo, trouxemos os principais e mais comuns termos do mercado financeiro em inglês. Já anote no bloquinho para ir praticando, viu?

20 termos do mercado financeiro em inglês mais recorrentes

Personagem de desenho animado correndo em um amontoado de moedas de ouro. Iniciando, assim, as dicas de termos do mercado financeiro.

1- IOF

Este é sigla para Financial transaction tax. É um dos termos do mercado financeiro em inglês que você mais verá por aí.

2- Assets

Já os Assets são todos aqueles objetos de transação oriundos do mercado financeiro. No bom português: os ativos.

3- SELIC rate

Estamos falando da nossa taxa Selic, que é usada por bancos para criação das suas próprias taxas de juros. É usada no Brasil, mas também vira assunto lá fora!

4- Savings Account

São as contas de poupança. Você que já começou a estudar o mercado de investimentos, provavelmente almeja ter outras fontes além deste tipo de conta. Porém, ainda é bem comum no Brasil, então, no exterior, vamos encontrar a nomenclatura entre os termos do mercado financeiro.

5- Commodity

Trata-se da matéria-prima (ou bem bruto) produzida em larga escala e que possui uma ampla e contínua negociação. Pra quem se interessa pelo nicho, anote aí o termo!

6- Debentures

Esta aqui é uma modalidade de investimento para renda fixa que acontece com aquisição de dívidas de empresas privadas.

7- Default

Quando um devedor não paga na data prometida, abre-se, então, um default. Também é um dos termos do mercado financeiro mais usados internacionalmente.

8- Flipper

É o nome dado àquele investidor que aposta no tempo curto de suas movimentações. Geralmente, compra as ações por um preço de reserva e vende por outro mais alto.

9- Trader

É uma pessoa especialista em realizar movimentações na Bolsa de Valores.

10- Joint Venture

Quando duas ou mais empresas se associam por tempo predeterminado, acontece a Joint Venture. É um momento para desenvolver uma missão comercial sem colocar em risco a autoridade das duas empresas no mercado.

11- Offshore

São aqueles fundos de investimentos de um país localizados formalmente, com a presença de um gestor nativo, no exterior.

12- Blue Chips

Estão presentes nas grandes empresas. Entendemos como aplicações mais consolidadas, renomadas.

13- Split

Trata-se do aumento de ações dentro do capital de uma empresa, alinhada à redução do seu valor nominal.

14- Value at Risk (VAR)

Dentre os termos do mercado financeiro, a sigla VAR significa a avaliação de risco e identificação da probabilidade de perda em futuras aplicações. Não confunda com o VAR do futebol, combinado?

15- Break-even

Aquele investimento que você faz que não gera lucro nem prejuízo.

16- Call

Cuidado, não estamos falando de ligação aqui. No mercado financeiro, este termo contempla a opção de compra ou operação já comprada.

17- Initial Public Offering (IPO)

Quando uma empresa abre o seu capital e oferta ações públicas para o público, ela pratica o Initial Public Offering, ou, no dia a dia, IPO.

18- Rating

Os ativos, instituições financeiras e outras instituições contam com o Rating, uma classificação de risco usada no mercado.

19- Benchmark

Dentre os termos do mercado financeiro em inglês, este vem ganhando destaque entre os mais jovens. É um ponto de referência para comparar todo o desempenho de uma aplicação.

20- Bear Market

Já esta, é muito encontrada nas previsões das ações que vão cair na bolsa de valores.

 

Como o estudo de inglês pode agregar na vida do investidor?

Como você viu, são vários termos do mercado financeiro que são usados em inglês. E não só lá fora! As ações brasileiras também fazem uso deles na maioria das vezes. Agora que já anotou os principais e já tem uma base pra começar, que tal dar aquela aprimorada no inglês? O idioma pode te fazer alcançar novos horizontes dentro do mercado de investimento, sabia?

Quer uma dica bem útil de como aprimorar seu inglês e se destacar no mercado financeiro? Venha conhecer o curso de inglês online e o curso de inglês para empresas do Hyper English. Preparamos um material personalizado para suas necessidades em uma plataforma super fácil de interagir.

Para complementar seu conhecimento, venha ler o que já falamos aqui em nosso blog, bem como conhecer a nossa história.

Tem como ficar melhor, sabia? Se você ficou muito a fim de dar um up no inglês, teste gratuitamente a nossa plataforma de ensino por 10 dias grátis.

Mercado de trabalho: quais são as vantagens de falar inglês?

mulher negra olhando para a câmera sorrindo e ilustrando as vantagens de falar inglês para a carreira

O Inglês nem sempre é utilizado em todas as empresas, isso é uma verdade. A sua profissão, o escopo da sua vaga,  a área em que pretende atuar, o seu nível de experiências… tudo isso pode mudar de uma empresa para a outra. Mas existem algumas vantagens de falar inglês, ainda que não seja um pré-requisito na sua empresa. 

Afinal, no Brasil, é bastante comum ouvirmos desde o ensino primário que o inglês vai te diferenciar no mercado de trabalho, ainda que muitas escolas de ensino fundamental e médio não estejam preparadas para entregar uma base de conteúdo em inglês estruturado.

Talvez você ainda esteja sem um direcionamento claro das vantagens de falar inglês, e como tê-lo como segunda língua vai ajudar na sua vida profissional. Sendo assim, veja abaixo os 7 benefícios de falar inglês e prepare-se para um novo momento.

7  vantagens de falar inglês para sua carreira

Oportunidades de trabalho

Homem branco trabalhando e tomando café

Com a consolidação do home office no ano de 2020  as barreiras geográficas foram deixadas de lado em muitas empresas, e houve uma alta por parte de startups estrangeiras na procura por profissionais brasileiros. Uma das vantagens de falar inglês é aproveitar  o momento para buscar por oportunidades e fazer conexões no Linkedin, por exemplo. 

Acervo de estudos

Segundo a Quacquarelli Symonds (Uma empresa britânica especializada na análise de instituições de ensino superior em todo o mundo) o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), Universidade de Oxford e a Universidade Stanford, atualmente são as 3 melhores universidades do mundo. Elas oferecem cursos gratuitos que podem ser acessados por qualquer pessoa, e publicam artigos de estudos com frequência. Saber inglês vai te dar acesso a todo esse acervo de conteúdo.  

Autoconfiança 

Os cientistas da Northwestern University atribuem a fluência em um segundo idioma a uma forma de estímulo do cérebro. No Brasil, 5% da população se comunica em inglês e apenas 1% se consideram fluentes. Por isso, profissionais que sabem se comunicar em inglês tendem a ser mais confiantes diante de situações que envolvam o 2° idioma. 

Networking  

O LinkedIn é a maior rede profissional do mundo, com mais de 774 milhões de usuários em mais de 200 países e territórios. É uma ótima opção para conhecer pessoas de diferentes países e trocar experiências profissionais. Saber falar inglês vai abrir o seu leque de oportunidades de comunicação, sem precisar do intermédio de outras pessoas para traduzir esse bate papo.

Salário

GIF quando o salário cai na conta

De acordo com uma pesquisa salarial realizada pela Catho, a remuneração de um colaborador fluente em inglês, em cargo de gerência, é até 70% maior em relação a um profissional do mesmo nível hierárquico, mas sem a fluência na língua. Essa vantagem de falar inglês também aparece em cargos de nível mais baixo. 

Trabalhar no exterior

O número de brasileiros no exterior chegou a 4,2 milhões, segundo dados do Itamaraty, 36% a mais do que há 10 anos.  Falar inglês possibilita que você tenha um desafio a menos nesse caminho. O Estados Unidos é o país mais escolhido pelos brasileiros e nós temos diversos conteúdos que podem te ajudar a entender mais sobre o país.  

Renda Extra

Vale lembrar que falar inglês pode gerar novas oportunidades de emprego. Você já pensou em ensinar o idioma para brasileiros que estão começando? Ou investir em alguma certificação que te dê validade para, quem sabe, no futuro lecionar em inglês. Pode ser uma segunda fonte de renda.  

Conseguiu entender quais são as vantagens de falar inglês? Como você pôde perceber, quem sabe se comunicar em inglês sai na frente quando o assunto é mercado de trabalho. Para as pessoas que ainda não falam, a forma mais vantajosa é começar a estudar inglês online, porque isso permite conciliar a rotina do dia a dia com o novo aprendizado.  Existem diversas opções incríveis com ótimo custo benefício, que vão do iniciante ao avançado. 

Ou seja, não existe um momento ideal. Você pode começar a estudar em qualquer época do ano e aos poucos usufruir das vantagens disponíveis para quem fala inglês. O importante é começar e aproveitar as oportunidades.  Você pode dar o primeiro passo descobrindo o seu nível de inglês clicando no botão aqui.

Aprenda como ganhar dinheiro sem sair de casa usando o inglês

Homem com as mãos na nuca expressando tranquilidade ao conhecer as formas de ganhar dinheiro sem sair de casa usando o inglês

A evolução da internet possibilitou que as pessoas tivessem mais autonomia e liberdade para produzir e expor seus conteúdos. Ganhar dinheiro sem sair de casa usando o inglês virou uma possibilidade real. Antes de tudo, vale lembrar que o Brasil tem 152 milhões de usuários de Internet, o que corresponde a 81% da população do país.

Esse movimento foi um reflexo de um ano atípico pandêmico, que motivou milhares de pessoas a se organizarem financeiramente para passar por este cenário de maneira menos brusca possível. Na prática, aumentou o número de pessoas buscando por uma renda extra. Por isso, separamos algumas maneiras de ganhar dinheiro sem sair de casa, usando o  seu conhecimento de inglês. 

4 formas de ganhar dinheiro sem sair de casa usando o inglês!

1- Criação de conteúdo 

A criação de conteúdo é uma das formas de ganhar dinheiro

Os creators, ou criadores de conteúdo, são profissionais de altíssimo valor no cenário do mercado atual. Se você já possui conhecimento sobre o idioma, pode atuar como MEI (Micro Empreendedor Individual) e criar conteúdos sobre o aprendizado de inglês, monetizando nas suas redes sociais. Há também a opção de criar conteúdo para escolas de inglês. Nesta opção você vai precisar entender as exigências de cada contratante, mas é uma boa forma de ganhar dinheiro sem sair de casa usando o inglês e  fazer uma renda extra e se divertir. 

2-  Apoio para iniciantes

Já pensou em ajudar outras pessoas que estão começando agora? Com a evolução dos fóruns e reuniões digitais é possível trabalhar da sua casa e ajudar outras pessoas que estão começando a aprender inglês. Para fazer isso, você precisa definir um cronograma de horários que vai estar disponível e divulgar o seu serviço. Existem diversas opções de sites para profissionais freelancers no mercado. 

3- Tradução de textos

Traduzir textos é uma das formas de ganhar dinheiro sem sair de casa usando o inglês

Nesta categoria as opções são inúmeras!  Artigos, sites, livros, transcrição de vídeos. Você pode ganhar dinheiro sem sair de casa oferecendo esses serviços de maneira totalmente online. Vale lembrar que, quando um documento está em diferentes idiomas ele possui uma abrangência muito maior, possibilitando que você tenha um argumento de venda bem interessante quando for oferecer um novo trabalho.

4- Aulas coletivas 

Já pensou em trabalhar em alguma escola de inglês? Se o seu nível é mais avançado e você possui certificado de proficiência, as suas possibilidades são ainda maiores. Existe uma diferença significativa entre dar aulas de apoio para iniciantes e ser professor em algum curso de inglês.  Sendo professor associado a alguma empresa, você muitas vezes tem diversos benefícios e treinamentos que podem ser importantes para a sua carreira.  No Hyper, você pode deixar o seu currículo pelo nosso site.  

Atente-se aos processos

Agora que você já sabe para onde vai direcionar o seu tempo e esforço para conseguir ganhar dinheiro sem sair de casa usando o inglês, é importante estar atento aos detalhes burocráticos que fazem a diferença. Na maioria dos casos é importante começar abrindo um CNPJ de MEI, que vai possibilitar a profissionalização da prestação de serviços, com esse registro você estará apto a emitir notas fiscais.  

Ter um portfólio que reuna os seus trabalhos é muito importante na divulgação. Você pode fazer isso de forma online, existem sites que oferecem esse serviço gratuitamente. Lembre-se de criá-lo de uma maneira que facilite a navegação de quem está analisando o material.

Aproveite as redes sociais para divulgar o seu trabalho, linkedin e instagram são ótimas ferramentas de prospecção de novos clientes! Compartilhar com amigos também ajuda na divulgação. Além de deixar claro as suas informações  de contato é uma ótima maneira de abrir o canal de comunicação com o seu possível cliente.

Por último, mas não menos importante, não pare de estudar. No Hyper English a plataforma foi criada para facilitar a sua rotina. Monte o seu plano de estudos e se organize com as aulas e as suas novas demandas. Você também pode bater um papo com os nossos professores por chat de texto! Acesse nossa plataforma clicando aqui!